CARLOS ALBERTO DE FARIA  apresenta:
BOLETIM ELETRÔNICO SEMANAL - BES Assinar o BES, clique aqui!


A ENTROPIA E A ADMINISTRAÇÃO

O conceito de Entropia é a própria 2º Lei da Termodinâmica. Este conceito é bastante simples e fácil de ser entendido.

Se dois corpos estão a temperaturas diferentes, colocando-os em contato, na ausência de troca de energia com outros meios, a energia fluirá do corpo com maior temperatura para o corpo com menor temperatura.

O enunciado parece ser simples e fácil de ser entendido. As conseqüências desse princípio é que produzem surpresas.

O conceito de entropia é o seguinte: em um sistema isolado, a entropia sempre tende a crescer. Nós poderíamos dizer, numa simplificação quase exagerada, que a entropia mede o grau de bagunça de um sistema. Em sistemas fechados, que não trocam energia com outros sistemas, a entropia sempre tende a crescer.

O conceito de entropia também tem muito a ver com a irreversibilidade de certos processos. São exemplos de aumento de entropia, por exemplo:

- Uma colher de açúcar e uma xícara com café, antes de se misturar o açúcar no café, tem uma entropia menor do que depois deles misturados. Dá para fazer um processo de separação do açúcar do café, mas a custa de muita energia em comparação com a que nós gastamos colocando a colher e mexendo o café para o açúcar se dissolver.

- Uma vez feito a omelete não dá para recuperar o ovo.

- Uma pedra que cai montanha abaixo.

Em qualquer um destes casos acima, não se consegue voltar à condição inicial, se o sistema for isolado. Colocando energia no sistema, ou seja, o sistema deixa de ser isolado, pode-se, em alguns casos, chegar na condição inicial, ou algo muito próximo dessa condição.

O conceito da 2º Lei da Termodinâmica é um dos princípios mais poderosos dentro do conhecimento humano. O conceito de entropia é tão verdadeiro que se alguém aparecer falando que encontrou um sistema que se opõe a este conceito, por exemplo, encontrado um moto-perpétuo, esse alguém está cometendo uma falha, com 100% de probabilidade.

Trazendo este conceito da 2º Lei da Termodinâmica para a administração, nós podemos falar que toda e qualquer empresa utiliza e canaliza os seus esforços para fazer com que a entropia empresarial diminua. Ou seja, os esforços de cada um dos empregados, os esforços conjugados de todos servem unicamente para tentar fazer com que a entropia diminua, opondo-se ao processo natural de crescimento dessa entropia, da bagunça.

Desta forma com esta aproximação do conceito oriundo da física, administrar nada mais é do que a luta diária contra o sentido natural do aumento da entropia.

Sob este ponto de vista, este trabalho do administrador não é muito diferente do de uma dona de casa. Um quarto de criança, para aqueles que as têm, ou já tiveram crianças em casa, sabem como eles são as provas cabais de que, sem orientação, sem a energia externa dos pais, a bagunça no quarto deles só aumenta.

O que muda nos dois casos - a dona de casa e os empregados de uma empresa - são as ferramentas, o conhecimento, as atitudes e as tarefas na luta diária contra o aumento da entropia.

Mas voltando para a entropia e a empresa. Quais são as energias colocadas dentro de uma empresa para que a entropia não siga seu curso natural - aumento da entropia, aumento da bagunça, da desordem, do caos – e diminua essa entropia?

A minha resposta é:

- liderança, muita liderança compartilhada e distribuída, (recomendamos a leitura dos seguintes boletins anteriores:

"A Definição De Liderança",

"A Principal Característica Da Liderança",

Outras Características Da Liderança”,

- o estabelecimento, a disseminação e a cobrança da Missão, Visão e Valores, (recomendamos a leitura do boletim:

Missão, Visão e Valores: O Que, Por Que E Como?”),

- colaboração mútua, para o qual recomendados a leitura do boletim:

"Rivalidade, Competitividade, Conflito Ou Colaboração?",

- comprometimento e

- senso de destino comum.

Note que por acomodação (sem trabalho e sem vontade de trabalhar) as "coisas" não acontecem e tudo tende a ficar parado.

E a sua empresa?

Como está a entropia na sua empresa? Diminuindo?

O trabalho de todos, na sua empresa, é para diminuir a entropia?

Estão todos coesos e unidos para a diminuição da entropia empresarial?

E o que o marketing tem a ver com a entropia?

Construamos, todos, uma excelente semana!
__________________________
Nós teremos o prazer de atendê-lo, caso você queira saber mais sobre estas e outras estratégias atrair mais e melhores clientes, ou ainda comentar algum aspecto deste Boletim Eletrônico Semanal. Não hesite em contatar-nos:

Merkatus - Ajudando nossos clientes a atrair clientes

contato@merkatus.com.br ou

047 369-2465

Se você quiser assinar GRATUITAMENTE este Boletim Eletrônico Semanal, cadastre-se aqui:

http://www.merkatus.com.br/10_boletim/index.htm . Nesta mesma página podem ser encontrados os Boletins Semanais anteriores.

Caso queira cancelar o recebimento deste Boletim Eletrônico Semanal basta nos enviar um "E-MAIL" para contato@merkatus.com.br preenchendo o campo "ASSUNTO" OU "SUBJECT" com a palavr
a DESCADASTRAR.
______________________

Este Boletim Eletrônico Semanal é uma prática de disseminação de conhecimento adotada pela Merkatus, através do correio eletrônico, de circulação restrita e exclusiva para pessoas, instituições ou empresas que manifestaram o interesse em recebê-lo. Este Boletim Eletrônico Semanal aborda temas que ajudam as pessoas, as empresas e as instituições a aprimorar: a obtenção de mais e melhores clientes certos, a conformidade do que produzem ou fazem à demanda do seu mercado, a aproximação de interesses convergentes entre a demanda e a oferta, dentro da área de serviços. É nosso intuito promover o desenvolvimento pessoal e aprimorar as relações comerciais do mercado.
.Este Boletim Eletrônico Semanal pode ser impresso, repassado ou copiado, no todo ou em parte, desde que
1º - mantida a autoria;
2º - divulgado o autor e
3º - divulgado o endereço do "site"  http://www.merkatus.com.br.

© Copyright 2004, Carlos Alberto de Faria, Merkatus
Este "site" foi desenvolvido pela Merkatus.