CARLOS ALBERTO DE FARIA  apresenta:
BOLETIM ELETRÔNICO SEMANAL - BES Assinar o BES, clique aqui!



O QUE É VALOR PARA O CLIENTE?

A semana passada nós falamos sobre os custos não monetários e esbarramos fortemente no conceito de valor.

Nós já vimos, também, no artigo "Satisfazer O Cliente Não Basta!", que a satisfação do cliente não leva a sua empresa a ter uma participação maior no mercado, ou seja, satisfazer o cliente não ajuda você a fazer negócios, mais negócios e melhores negócios.

A resposta para o aumento da participação no mercado é entregar valor.

Mas o que é VALOR para o cliente?

Vamos, inicialmente, apresentar três definições de valor, vindas de fontes diferentes:


1º DEFINIÇÃO:

"Valor é o grau de benefício obtido como resultado da utilização e das experiências vividas com um produto. É a percepção do cliente e das demais partes interessadas sobre o grau de atendimento de suas necessidades, considerando-se as características e atributos do produto, seu preço, a facilidade de aquisição, de manutenção e de uso, ao longo de todo o seu ciclo de vida.

As organizações buscam criar e entregar valor para todas as partes interessadas. Isto requer um balanceamento do valor na percepção dos clientes, dos acionistas, da força de trabalho e da sociedade."

Fonte: "Critérios de Excelência do Prêmio Nacional da Qualidade - 2004".



2º DEFINIÇÃO:

"O que os clientes entendem por valor? ...

Os clientes definem valor de quatro maneiras diferentes:

a) Valor é preço baixo: Alguns consumidores igualam valor a preço baixo       (foco no preço).
b) Valor é tudo o que eu quero: Alguns consumidores destacam os       benefícios obtidos (foco na qualidade).
c) Valor é a qualidade que obtenho pelo preço que pago.Outros      consumidores vêem o valor como uma troca entre o dinheiro que      entregam e a qualidade que recebem.
d) Valor é o que eu recebo pelo que eu dou: finalmente, alguns      consumidores consideram todos os benefícios que recebem assim como      todos os componentes de sacrifício (dinheiro, tempo, esforço)."

Fonte: "Marketing de Serviços - a Empresa com Foco no Cliente", de Valarie Zeithaml e Mary Jo Bitner, Bookman, 2º edição, 2003.



3º DEFINIÇÃO:

Richard Whiteley, em um seminário intitulado "A Empresa Totalmente Voltada Para O Cliente", deu a seguinte definição matemática de valor:

                        Qp X Qs
VALOR = ----------------- , onde
                   Preço + Custo

Qp é qualidade do produto: o que você obtém;
Qs é qualidade do serviço: como você obtém;
Preço é valor financeiro pago (R$) para obter o que você comprou e
Custo é o custo não monetário associado à escolha feita,

comentados no Boletim anterior, intitulado

"Custos Não Monetários: O Que Fazer?".

Da análise desta proposição tira-se alguns detalhes interessantes:

- o produto entre qualidade do serviço e qualidade do produto demonstra que não se deve cuidar de um lado só, pois todo produto tem o seu lado de serviço e todo seu serviço tem o seu lado de produto;

- como a parte superior da equação é um produto, ambas as percepções da qualidade (o que se obtém e como se obtém) pelo seu público alvo devem estar próximas, pois se distantes a pior tende a refletir-se mais na percepção ruim (0,5 X 0,5= 0,25, mas 0,2 X 0,8 = 0,16 !);

- os custos não financeiros devem ser somados ao valor financeiro pago.

Há muita literatura a respeito, e não faltam outras definições de valor. Mas para nós já é suficiente, para a nossa proposta nesta série de Boletins que tratam de Valor.

Valor é um conceito que associa:

- os benefícios que o cliente obtém;
- os custos da sua obtenção;
- os custos de sua utilização durante o ciclo de vida do serviço ou produto,

e este conceito-percepção está na cabeça de cada cliente da sua empresa.

Na próxima semana trataremos de como se encontra o valor que os seus clientes querem, desejam, almejam, necessitam, procuram ou anseiam.

Construamos uma excelente semana!

__________________________
Nós teremos o prazer de atendê-lo, caso você queira saber mais sobre estas e outras estratégias atrair mais e melhores clientes, ou ainda comentar algum aspecto deste Boletim Eletrônico Semanal. Não hesite em contatar-nos:

Merkatus - Ajudando nossos clientes a atrair clientes

contato@merkatus.com.br ou

047 369-2465

Se você quiser assinar GRATUITAMENTE este Boletim Eletrônico Semanal, cadastre-se aqui:

http://www.merkatus.com.br/10_boletim/index.htm . Nesta mesma página podem ser encontrados os Boletins Semanais anteriores.

Caso queira cancelar o recebimento deste Boletim Eletrônico Semanal basta nos enviar um "E-MAIL" para contato@merkatus.com.br preenchendo o campo "ASSUNTO" OU "SUBJECT" com a palavr
a DESCADASTRAR.
______________________

Este Boletim Eletrônico Semanal é uma prática de disseminação de conhecimento adotada pela Merkatus, através do correio eletrônico, de circulação restrita e exclusiva para pessoas, instituições ou empresas que manifestaram o interesse em recebê-lo. Este Boletim Eletrônico Semanal aborda temas que ajudam as pessoas, as empresas e as instituições a aprimorar: a obtenção de mais e melhores clientes certos, a conformidade do que produzem ou fazem à demanda do seu mercado, a aproximação de interesses convergentes entre a demanda e a oferta, dentro da área de serviços. É nosso intuito promover o desenvolvimento pessoal e aprimorar as relações comerciais do mercado.
.Este Boletim Eletrônico Semanal pode ser impresso, repassado ou copiado, no todo ou em parte, desde que
1º - mantida a autoria;
2º - divulgado o autor e
3º - divulgado o endereço do "site"  http://www.merkatus.com.br.

© Copyright 2004, Carlos Alberto de Faria, Merkatus
Este "site" foi desenvolvido pela Merkatus.